Paráfrase: escrever a mesma coisa de um jeito diferente

Você sabe o que é  paráfrase? Pode  até  ser  que  não, mas   já  usou   muitas  vezes  esse recurso  também  chamado de  recriação textual.   É  o  que  fazemos ao  reescrever  um texto com  as  nossas  palavras, mas mantemos  o  sentido  original.

Para  elaborar  uma  boa paráfrase, é   preciso ler  bem  o  texto e   identificar  alguns  aspectos  importantes e  isso  nós   fazemos  em  dois momentos   de  leitura: leitura  inspecional, a  fim de  buscar os  principais  dados do  texto (autor, assunto, tema) e leitura  atenta,  cujo objetivo  é  levantar  os  referenciais  do  texto  lido (gênero  textual, modalidade discursiva,  informações  mais  importantes).

Observe a  dupla de orações  abaixo:

parafrase

Os  textos   acima  são  manchetes publicadas  nas  versões  on-line de  dois  jornais  brasileiros e  tratam  do  mesmo  assunto:  os  servidores estaduais do Rio de  Janeiro têm  recebido seus  vencimentos  com  atraso.   Embora  alterar atrasar não  sejam  sinônimos,  nós  podemos  considerar as duas  orações acima como  uma  paráfrase, não porque as  palavras  são  sinônimas ou porque a construção da  frase  seja  semelhante, mas  porque visam a  informar  a mesma  coisa. A  informação fornecida  pelo  texto poderia  ter  sido  apresentada de  outra  maneira:  Servidores, aposentados  e pensionistas  receberão salários com atraso.

Assista  ao   vídeo do  professor  Marcelo Leite e  saiba  como  elaborar  uma  paráfrase:

Se  não conseguir  visualizar  o  player,   clique AQUI.

Bibliografia  consultada:

ILARI, R;  GERALDI, J.W.  Semântica.  São  Paulo:  Ática, 2006.

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Professora voluntária de Língua Portuguesa e Redação no Pré-vestibular Comunitário Padre José Maurício Nunes Garcia.