[Indicação de leitura] A viagem de Théo

Catherine  Clément é uma  escritora francesa, formada em  Filosofia e  Ciências  Humanas.  Em A viagem de  Théo: o romance das religiões, a  escritora aborda  a história das  religiões por  meio do  olhar de  um adolescente de  13 anos: Theodore, “presente de Deus” na língua grega. A  obra foi  publicada pela  primeira vez em  1997 e, no  Brasil,  é  editado atualmente pela  Companhia das  Letras, sob o  selo Companhia de  Bolso.

Théo –  protagonista do romance – é um menino francês, filho de pais ateus, mas dedica-se a pesquisar as  religiões  na internet e aprende sobre sua  influência na vida das pessoas.  Após descobrir que o menino está muito doente, Tia Marthe decide levá-lo em uma viagem  pelo mundo, a  fim de  conhecer as religiões que ele pesquisara. Assim, Théo conhece a  Terra Santa, Grécia, Egito, índia, África, China, Japão, Brasil.

É  importante destacar a abordagem equivocada da  religiosidade do  povo brasileiro.  O  leitor  que  não  mora no Brasil –  ou  que   não conhece as diversas expressões  religiosas encontradas aqui  –  pode  ser  induzido a  pensar  que  as   religiões brasileiras  limitam-se àquelas de  influência africana, como a  Umbanda — equivocadamente  chamada de  macumba no texto — e  o  Candomblé. Além  disso, o  sincretismo religioso entre essas matrizes  e o  cristianismo   é abordado superficialmente na obra.

— […] No  Rio, pratica-se  a macumba, no  Haiti chamam de  vudu, palavra  bem  próxima do  vodun praticado em  Benin.  Pouco importam as  denominações , porque os ritos  são quase os  mesmos e  aqui, na  Bahia, essas  cerimônias, quer dizer esses cultos afro-brasileiros são  chamados…

— Candomblés — cortou  Tia  Marthe.  —Prossiga! (CLÉMENT, 2008, p. 533)

Esta não parece ser  uma obra infantojuvenil, embora tenha  recebido o selo Altamente recomendável da  Fundação Nacional do  Livro Infantil e  Juvenil.  Nelly Novaes Coelho (2000) questiona  se a literatura destinada  à infância  e à adolescência é  arte literária ou pedagógica.  O texto de  Clément parece cumprir  as  duas funções: entretenimento e educação. Théo não se  conforma com a  intolerância  religiosa que  encontra na maioria dos  lugares  visitados. É  um excelente  livro para  ser  presenteado ao público adolescente e usado como motivador  para um debate  sobre  tolerância  religiosa.

Este  livro está disponível  na  Livraria  Saraiva.   Venda e entrega  são responsabilidade  da livraria.   Acesse o  link:  http://compre.vc/v2/226dafd5

 

Referências:

CLEMENT, C. A viagem de Théo: romance das religiões. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

COELHO, N. N. Literatura infantil: teoria – análise – didática. São  Paulo: Moderna, 2000.

Não quer perder nenhuma  novidade do blog?   Cadastre seu e-mail e receba GRATUITAMENTE os nossos textos! Não esqueça de checar sua caixa de entrada e ative sua assinatura!

Gostou? Divulgue!

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.