O que é paródia?

Os leitores do Conversa de Português  já sabem  que,  nesta semana (20 a 24/10),  comemoramos o 6º aniversário do  blog e que  eu convidei alguns  amigos  para  publicar  seus textos aqui. Eu  havia planejado  a  participação  apenas  de  meus ex-alunos,  mas  uma  conversa com a  professora  Regina  Celi provocou  uma  mudança de  planos e  seus  alunos do 1º ano  do Ensino Médio também vieram  para  a  “festa”.   A professora – minha  colega de  trabalho –  realizou   uma  atividade  interessantíssima sobre paródia   com a  turma e  nós decidimos publicá-la  como   encerramento dessa  semana comemorativa.

Agradeço à  professora  Regina Celi e  aos  seus  alunos por participarem do aniversário do blog!

Para  compreensão da  atividade  realizada pela  professora  e  seus  alunos,  precisamos lembrar o   que  dizem  os  dicionários acerca do gênero que   motivou  as  aulas:

Paródia s.f imitação engraçada ou irônica de uma obra artística.

Para fixação e entendimento do conceito foi pedido que a turma se dividisse em pequenos grupos e apresentassem uma paródia quer declamada ou cantada ou visual. Em seguida às apresentações, houve uma votação para as mais interessantes, na opinião de toda a turma e respectiva autorização para que as  melhores fossem enviadas publicação no blog.

A primeira  produção teve  como base  a  música Beijinho do ombro, de  Valeska Popozuda.  Abaixo, seguem o  texto da  turma e   o vídeo com  o canção original:

Malhando o ombro

Autores: Murilo Miguel, Filipe Oliveira e Estevão Gomes.

Academia hoje em dia está na moda

Pessoas crescem e depois não passam nem na porta

Tem vários bondes, do mais magro ao mais maromba

Mas ser saudável muitas vezes não é o que importa

 

Os suplementos sempre os ajudam muito

Tem o Whey que é o mais comum entre os produtos

E na ‘dieta’ a maioria manda ver

Batata doce e frango na marmita pra comer

 

Mas essa vida nem sempre é um mar de rosas

Keep calm, sem dieta nervosa

Anabolizante não serve pra ninguém, viu!

Corpo vai embora então volta de onde partiu

 

Malhando o ombro sem anabolizantes

Mostrando o ombro pros falsificados de plantão

Malhando o ombro com o pessoal do bonde

Mostrando o ombro só quem tem disposição.

[youtube]http://youtu.be/73sbW7gjBeo[/youtube]

Se não conseguir visualizar o player, clique AQUI.

 

A  segunda  paródia  inspirada  na música  Esse cara sou eu, de Roberto Carlos.   Confira a   produção dos alunos e  a canção original.

Esse aluno sou eu

O cara que acorda cedo pra ir pra escola

Que conta os segundos pro fim da aula

Que está todo tempo fazendo dever

Porque tá querendo simplesmente aprender

 

 E no meio da aula reclama

  Dizendo que quer voltar pra cama

  Esse aluno sou eu

 

O aluno que precisa de um abraço

Porque se não passar de ano, não terá churrasco

Está ferrado se a matéria não tiver

O aluno que não tem tempo nem chupar sacolé

 

 Ele só tem um livro

 Que considera seu amigo

 Esse aluno sou eu

 

O aluno que levou esporro da professora

Porque se cortou com a tesoura

Que coca a cabeça de tanto calor

Não adianta ar condicionado

Muito menos ventilador

 

É meu amigo, esse aluno sou eu

[youtube]http://youtu.be/wLYQ6hwjaW4?t=2s[/youtube]

Se  não conseguir visualizar  o player,  clique AQUI.

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Professora voluntária de Língua Portuguesa e Redação no Pré-vestibular Comunitário Padre José Maurício Nunes Garcia.