[Produção textual] Como organizar a sua dissertação?

dissertação é a modalidade discursiva mais adequada à exposição e defesa de argumentos.  É muito utilizada nos concursos públicos e exames como  o  ENEM. Como  já explicamos em  outro texto, o papel do redator  é  sustentar seu  ponto de vista  sobre o  tema sugerido. Como  fazer, então,  para organizar bem a sua dissertação?

Tenha alguns cuidados: 

1.  Ao argumentar,  apresente  evidências que confirmem a sua posição.

2. Exponha detalhes que justifiquem  sua tese.

3. Use argumentos sustentáveis e éticos.

4. Esqueça o mito dos  três parágrafos! A dissertação precisa ter introdução, desenvolvimento e conclusão, mas  nem sempre será possível  resolver   o tema proposto  com  um parágrafo  para cada item.

5. Cuidado com  generalizações e clichês. A expressão “É notório” pode até  parecer um termo  pomposo,  mas  é  extremamente  vazio. Em  construções como “É notório que somos  todos felizes.”, o  autor está  afirmando  que  todos têm conhecimento daquele fato. Como  ele  pode confirmar isso? Por acaso, ele  entrevistou  todas as pessoas de que trata a frase?

Divida seu texto: 

1. Introdução – Apresente o objeto da sua discussão. Por que ele merece ser debatido?

2. Desenvolvimento – Aponte os  argumentos que sustentam  a sua opinião. Ao  escrever,  considere as  possibilidades de argumentos  favoráveis e contrários.

3. Conclusão – É a consolidação do que  foi  dito. Apresenta uma resposta ao que  foi debatido.

Tenha cuidados com a escrita:

1. Evite repetição de conectivos, principalmente os “quês”. Eles  podem ser utilizados como conjunções ou  pronomes relativos nas orações subordinadas.

2. Seja conciso. Tenha cuidado com os parágrafos longos demais e compostos por um único período.  Isso  prejudica a leitura, além  de aumentar o  risco de errar em  questões básicas como a  pontuação.

Leia mais no  blog:

Como fazer uma boa dissertação? 

Como evitar repetições no texto? 

Capriche na redação do ENEM

 

 

Gostou? Divulgue!

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.

Comentários