Você sabe o que é morfossintaxe?

Dá-se o nome de  morfossintaxe  à análise simultânea de uma mesma palavra de acordo com o  seu aspecto morfológico  e sintático.  Morfo (forma) indica que observaremos a estrutura e a classificação gramatical de cada palavra (substantivo,  adjetivo, pronome…), enquanto sintaxe mostra-nos que estudaremos as funções que cada uma das dez classes de palavras pode ter em  uma oração (sujeito, predicativo, objeto…).

A língua portuguesa tem dez  classes gramaticais e cada uma delas deve ser analisada de acordo  com os seus aspectos sintáticos e morfológicos  – morfossintáticos. Vejamos  um exemplo:

Ganhei  uma caixa vermelha.
Eu ganhei uma caixa vermelha.

Morfologicamente, temos:

Eu – pronome pessoal do caso reto.

ganhei – verbo ( ganhar – pretérito perfeito do modo indicativo)

uma – numeral ( pode também ser considerado,  neste contexto, como  um artigo indefinido).

vermelha – adjetivo.

Sintaticamente, observamos  as seguintes funções:

Eu – sujeito simples

ganhei uma caixa vermelha –  predicado verbal com  verbo  transitivo direto.

uma caixa vermelha –  objeto direto.

uma  / vermelha – adjuntos  adnominais de  “caixa”.

Não  perca o  texto de amanhã:  Morfossintaxe do artigo.

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Professora voluntária de Língua Portuguesa e Redação no Pré-vestibular Comunitário Padre José Maurício Nunes Garcia.

Comentários

  1. Andréa, acho que vc se enganou ao responder ao BINHO. Núcleo do objeto direto é a função de “caixa”. A classificação morfológica dela é substantivo. Bj