Introdução aos gêneros literários

A palavra gênero tem origem na língua latina (genus, generis) e designa, originalmente a “raça”, a “origem”, o  “tronco”. É com esse sentido  que a palavra foi  usada até o  Renascimento; é  esse o  sentido, por exemplo, do primeiro livro  do  Pentateuco: o Gênesis. Gramaticalmente,  o  termo  faz a distinção  entre masculino e feminino – e em  línguas como  o latim e o  alemão, marca o gênero  neutro.  Em literatura, gênero determina o conjunto  de critérios que permite classificar as obras segundo  características comuns.

O  texto  fundador sobre a questão dos gêneros literários é a Arte Poética, de Aristóteles, embora não essa palavra não seja utilizada no  original  latino. Aristóteles escrevera que o objetivo de sua obra seria “a arte poética e suas espécies, do  efeito  próprio de cada uma delas, da maneira pela qual é preciso agenciar as histórias para a composição das quais se deseja obter êxito”. O grego  Platão  também  abordou o  assunto  em sua obra A República.  Uma breve introdução aos gêneros literários é  o tema do primeiro vídeo produzido  para o  blog Conversa de Português.

Se não conseguir visualizar o player, assista no Canal do  blog.

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Professora voluntária de Língua Portuguesa e Redação no Pré-vestibular Comunitário Padre José Maurício Nunes Garcia.