O que é aliteração?

Aliteração  é uma figura de linguagem  que consiste na repetição  dos mesmos fonemas consonantais e era um dos recursos linguísticos mais utilizados pelos poetas simbolistas, como  Cruz e Souza.

Vejamos  um trecho  do  poema Violões que  choram. Repare que há repetição  de um fonema (som), representado  pela letra V.

Vozes veladas, veludosas vozes,
Volúpias dos violões, vozes veladas,
Vagam nos velhos vórtices velozes
Dos ventos, vivas, vãs, vulcanizadas.

Um exemplo   bem conhecido  de aliteração  são  os  chamados “trava-línguas”:

O rato roeu  a roupa do  rei  de Roma.

O sabiá não sabia que o sábio sabia que o sabiá não sabia assobiar.

Três tigres tristes para três pratos de trigo. Três pratos de trigo para três tigres tristes.

 

Figura de linguagem  semelhante à aliteração é a assonância, a  repetição da vogal tônica, como  nos versos de Caetano  Veloso: “Sou  um mulato nato no sentido  lato/ mulato  democrático do litoral.”

 

Compartilhe! Divulgue!

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.

Comentários