Sala de Aula – Vidas em português

A coluna Sala de  Aula foi  criada em 21 de março de  2010 com o objetivo de  ser um  relato sobre atividades realizadas com as minhas turmas de Ensino Médio. inicialmente,  seria publicada semanalmente, mas  o excesso de  trabalho  acabou  dificultando a  periodicidade da publicação. Desde então, publiquei algumas atividades e hoje conto como  foi  planejar as aulas a partir da exibição  do  filme Língua: Vidas em  Português.

Língua: Vidas em  português é  um documentário  luso-brasileiro, com  91 minutos de  duração, dirigido  por  Victor Lopes. Os entrevistados são famosos e anônimos  que  falam sobre a cultura dos países em que  vivem – Brasil, Portugal, Moçambique, Índia, Japão – e como  se relacionam  com  a  língua portuguesa em  uma cultura diferente da sua. Deste modo,  vemos  escritores e artistas como  João Ubaldo  Ribeiro, Mia  Couto, José Saramago e Martinho da Vila; aparecem, ainda, vendedores de balas do  Rio de Janeiro e  brasileiros emigraram.

Se não conseguir visualizar,  clique AQUI.

 

O debate sobre os países de língua portuguesa começou  no  dia 4  de fevereiro quando entreguei  o programa da disciplina e os alunos perguntaram-me se não falaríamos sobre o  Acordo  Ortográfico. Eu fiz um breve resumo sobre a história do  documento e  solicitei que fizessem  uma pesquisa  a partir de algumas perguntas e levassem as respostas na aula seguinte.

 

O que é  o  Acordo  Ortográfico da Língua Portuguesa?

Por que  o  documento  foi criado?

Houve outras tentativas de uniformizar a grafia  da língua?

Como  o   Acordo  foi recebido  pela Comunidade dos  Países de Língua Portuguesa?

Quais as consequências econômicas?

 

No dia marcado para a entrega dos  trabalhos,  assistimos ao documentário e  observamos  vocabulário, prosódia, os personagens  apresentados,  a maneira como  falam do  lugar onde vivem  e como é a cultura local.

 

Leia também  no  blog:

 

Sala de Aula – Vanguardas

Sala de Aula – Variedades linguísticas

Sala de  Aula – Modernismo  brasileiro

 

*Atualizado em 26/12/2013.

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Professora voluntária de Língua Portuguesa e Redação no Pré-vestibular Comunitário Padre José Maurício Nunes Garcia.