Mais de um fez ou mais de um fizeram?

 

 

A norma  geral de concordância  verbal  diz que  o verbo concorda com o  seu  sujeito; há  casos, porém, em  que  tal  regra é contrariada.  Expressões que indicam quantidade aproximada costumam  causar muita confusão.  Vejamos  o  exemplo “ Mais de um  amigo do  homenageado esteve presente à premiação.”

O  sujeito   formado  pelas  expressões mais de um ou mais que um, seguidas de substantivo, deixa o   verbo  no  singular, pois  a concordância é  feita com  o  numeral. No entanto, quando  tais expressões  são repetidas, o  verbo  é  usado  no  plural: “Mais de um amigo, mais de um parente estiveram estiveram  presentes à  premiação.”

 

 

Leia  também  no  blog:

A porcentagem e a concordância

Vendem-se casas

Bastante? Bastantes?

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Professora voluntária de Língua Portuguesa e Redação no Pré-vestibular Comunitário Padre José Maurício Nunes Garcia.