Eles também foram professores

No dia 15 de outubro,  em comemoração ao Dia do Professor, publiquei as entrevistas do professor Robson G. Freire e do estudante de Letras Laurindo Stefanelli que, gentilmente, aceitaram participar da homenagem aos educadores. Ainda comemorando a data,trago parte da biografia de quatro escritores de língua portuguesa que, além de nos deixarem seu legado à literatura, também foram professores.São eles: Cecília Meireles, Florbela Espanca, Mário de Andrade e Manuel  Bandeira.

 

Cecília Benevides de Carvalho Meireles nasceu em 7 de novembro de 1901, no Rio de Janeiro. Sua primeira obra publicada foi Espectro, em 1919. Seu nome é considerado um dos mais importantes da literatura brasileira.  Em 1934, foi responsável pela primeira biblioteca destinada ao público infantil, na época em que dirigiu o Centro Infantil, no  Pavilhão Mourisco, em Botafogo, Rio de Janeiro. Aposentou-se em 1951 como diretora de escola, mas continuou sua carreira literária.
 
Florbela  Espanca  é portuguesa da cidade Vila Viçosa, no Alentejo. Nasceu em 8 de dezembro de 1894 e morreu em 1930 de causa desconhecida. É uma das principais autoras portuguesas do início do século XX.    Florbela  estudou no liceu de Évora, onde   concluiu o  curso de Letras, em  1913. Em outubro do mesmo  ano,   iniciou  o curso de   Direito.  Em   Lisboa conheceu  um   grupo de   mulheres  escritoras com quem  passou  a  escrever.
MáriodeAndrade
Mário Raul de Moraes Andrade nasceu  em 9 de outubro de  1893 na Rua Aurora, 320, em São Paulo.  Em 1909, formou-se bacharel em  Ciências e Letras; no ano seguinte, iniciou o  bacharelado em Filosofia.  Em 1917, concluiu  os estudos no  Conservatório de Música de São Paulo e passou a dar aulas também de piano. Em 1922, logo após a Semana de Arte Moderna, passou a dar aulas de História da Música e Estética no Conservatório. Em  1934, foi declarado  professor honorário do Instituto de Música da Bahia.
 
Manuel Carneiro de Souza Bandeira Filho nasceu no Recife no dia 19 de abril de 1886 e morreu no Rio de Janeiro, em 13 de outubro de 1968. Bandeira está no grupo dos primeiros modernistas brasileiros como Mário de Andrade e Oswald de Andrade. Foi professor do Colégio  Pedro II no Rio de Janeiro.
Leia também no blog:
Gostou? Divulgue!

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.