Dúvida do leitor – Uso da vírgula

Qual  é  a  sua  dúvida é  a  seção do  blog em que  respondo perguntas enviadas  pelos  leitores, de acordo com o  que  foi explicado  no texto  Como enviar perguntas para o   blog.  Hoje respondo  uma pergunta sobre o  uso das  vírgulas.

Tenho muita dúvida no uso da vírgula, como por exemplo:
a) Antes de mais nada, ele se levantou e saiu. (Tem esta vírgula ou não?)
b) Ele garante que vai pagar mas não sabe quando. (Precisa colocar a vírgula antes do mais ou é facultativo?)
Obrigado.
P*

Ao  meu leitor, respondi da seguinte maneira:

Boa noite, P.
Sua   primeira  frase está certíssima.   Na  segunda,  há necessidade  da   vírgula antes da  conjunção  MAS, pois ela é sempre antecedida  de vírgula.  Lembro, ainda,  que   o  uso de ponto antes dessa  conjunção, como   muitas  vezes vemos  na   imprensa, é   um  equívoco.

 

Envie também suas perguntas  ao  Conversa de Português.  Para  enviá-las, basta  preencher  o formulário de  contato do blog,  fornecer  um endereço de email  válido e  enviar  a pergunta. Somente serão respondidas as dúvidas  enviadas através do  formulário; portanto, não deixe  sua  pergunta nos  comentários  do  blog.  Para agilizar  o processo, o ideal  é que  seja enviada  uma  frase  com o tipo de  construção que  suscitou  a  dúvida; por  exemplo: “Qual é  a  forma correta: fui à praia  ou  fui a praia?”. Se mais de um leitor enviar  perguntas  semelhantes, elas  serão respondidas  em  um mesmo   texto. Assim  que  a  pergunta for  respondida, enviarei uma  mensagem com o link do  post e uma  cópia do texto  publicado.

 

 

Andréa Motta

Professora de Língua Portuguesa e Literatura no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Professora voluntária de Língua Portuguesa e Redação no Pré-vestibular Comunitário Padre José Maurício Nunes Garcia.

Comentários

  1. Olá, boa tarde.
    Eu tenho dúvidas sobre como usar a vírgula em casos como: “A vida, nada mais é do que um conto de fadas, apenas uma fantasia que acontece todos os dias”

    Eu sei que não posso usar vírgula entre sujeito (a vida) e verbo de ligação (é), mas e quando eu acrescento o “nada mais”? Torna-se um caso diferente?

    Também não tenho certeza se, nesse caso, poderia substituir a vírgula antes de “apenas” por um ponto final.

    Desde já, agradecida!
    H.

    1. Haiany, a frase inteira está mal pontuada. A redação correria deveria ser “A vida nada mais é do que um conto de fadas; apenas uma fantasia que acontece todos os dias”.
      Você mesma explicou o motivo pelo qual a pontuação do período foi feita de maneira equivocada e o “nada mais” em nada interferiu na estrutura do período.
      Também não seria adequado usar o ponto de final – como o nome diz ele encerra o período. Ao inserir tal pontuação onde você sugeriu, teríamos “Apenas uma fantasia que acontece todos os dias” – uma frase que, gramaticalmente, ficaria completamente sem sentido.

      Para enviar novas perguntas para a seção “Dúvidas do leitor”, por favor, utilize o formulário de contato: http://conversadeportugues.com.br/sobre/contato/

  2. Oi, querido blogger!

    Gostaria que você, por gentileza, esclarecesse uma dúvida que tenho quanto ao usa da vírgula em um caso específico. Gostaria de saber se a frase abaixo poderia levar vírgula antes do verbo de ligação que aparece antes da palavra “feijão”.

    “Todo mundo tem fome. Se não é de feijão, é de amor.”

    Eu vi a frase acima escrita da forma como a reproduzi, mas estranhei a presença da vírgula antes do “é”.

    Desde já, agradeço seu esclarecimento.